Economia

Veja o que o contribuinte deve fazer se cair na malha fina

Da Redação ·
A malha fina é a checagem eletrônica das informações prestadas pelos contribuintes.
A malha fina é a checagem eletrônica das informações prestadas pelos contribuintes.

SÃO PAULO, SP, 25 de dezembro (Folhapress) - Pouco mais de 711 mil declarações de Imposto de Renda ficaram retidas na malha fina neste ano, ou 3,2% das 27,75 milhões apresentadas ao Fisco. Em 2012, foram 604.299.

A malha fina é a checagem eletrônica das informações prestadas pelos contribuintes. Ao fazer isso, a Receita confronta as informações contidas nas declarações com aquelas armazenadas nos computadores -são os dados recebidos de fontes pagadoras, de clínicas médicas, de imobiliárias etc. Quando esses dados não coincidem, a declaração fica retida.

A omissão de rendimentos é o motivo para a retenção de 53% das declarações deste ano. Em segundo lugar vem problemas com as despesas médicas, responsáveis por 15,66% das declarações retidas na malha

Caso não receba a restituição no sétimo lote, o contribuinte pode consultar informações atualizadas sobre sua declaração no site da Receita, na seção "pendências".

Nessa seção, o contribuinte poderá verificar se a declaração está retida ou se há outra pendência que pode ser resolvida por ele mesmo.

Se houver erro na declaração, poderá ser apresentada declaração retificadora. Se não houver erro no documento, o contribuinte pode agendar ou aguardar intimação para apresentar os documentos comprobatórios que regularizem sua situação.

O agendamento para declarações de 2013 começa a partir do primeiro dia útil de janeiro do ano que vem.

Se o problema for resolvido com a retificação, o contribuinte que tiver restituição deverá recebê-la nos lotes residuais, pagos a partir de janeiro.

Caso o contribuinte não seja autuado, mas deva impostos ao Fisco, paga 0,33% de multa ao dia (limitado a 20%) do prazo da declaração do IR até o dia que retificar.

Quando a situação não é regularizada, a multa pode chegar a 75% do imposto devido mais a correção da taxa básica de juros (hoje em 10% ao ano).



Veja o que fazer se caiu na malha fina

1. Verifique o motivo da malha fina;

2. Busque os documentos usados na declaração do item retido;

3. Faça uma declaração retificadora se a informação estiver errada;

4. Cheque o site da Receita Federal após três dias para confirmar se a retificação foi processada ou se caiu na malha fina novamente;

5. Agende uma visita no portal da Receita Federal para apresentar os documentos, se os dados estiverem corretos.
 

continua após publicidade