Economia

Para França, única alternativa é ajudar a Grécia

Da Redação ·

A ministra de Finanças da França, Christine Lagarde, pediu hoje aos membros do parlamento do país que aprovassem a liberação de fundos para a Grécia, afirmando que a Europa não tem outra escolha. O pedido foi feito durante uma sessão em que seriam discutidas alterações no orçamento francês que permitiriam ao governo emprestar até 16,8 bilhões de euros aos gregos ao longo dos próximos três anos.

continua após publicidade

Os membros da zona do euro (que reúne os 16 países que adotam o euro como moeda) contribuirão com até 80 bilhões de euros para o pacote de auxílio à Grécia, que também incluirá 30 bilhões de euros do Fundo Monetário Internacional (FMI). Lagarde disse que a participação do FMI no plano é necessária por conta da experiência da instituição e também devido ao tamanho da ajuda. As informações são da Dow Jones.