Economia

Justiça exige que Gol reintegre 850 funcionários demitidos

Da Redação ·

SÃO PAULO, SP, 3 de setembro (Folhapress) - A Justiça determinou que a Gol deverá reintegrar 850 empregados demitidos pela Webjet, que foi incorporada pela companhia no ano passado. A decisão foi tomada pelo TRT (Tribunal Regional do Trabalho) da 1º Região (RJ) após reunião realizada hoje. Em caso de descumprimento, será aplicada uma multa de R$ 1.000 por dia referente a cada trabalhador. A Justiça também exige que a Gol pague R$ 1 milhão por danos morais coletivos. A disputa começou no ano passado, quando 850 funcionários, cerca de 70% do quadro de total da Webjet na época, foram demitidos. Segundo a relatora do acórdão, a companhia aérea desobedeceu a decisão do Ministério Público do Trabalho (MPT) que, em dezembro do ano passado, já previa a reintegração dos funcionários. Os trabalhadores teriam voltado a receber o salário sem, no entanto, exercer qualquer função na empresa e, em março de 2013, foram novamente dispensados. Ontem, no entanto, o Órgão Especial do Tribunal Superior do Trabalho (TST) manteve a liminar que suspendia a execução da multa de mais de R$ 4,6 milhões aplicada à empresa pela não reintegração dos funcionários.  

continua após publicidade