Economia

Aneel admite evidência de queimadas em apagão no NE

Da Redação ·
A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) divulgou na noite desta segunda-feira, 2, uma nota sobre o apagão no fornecimento de eletricidade que afetou todos os Estados do Nordeste na última quarta, 28. "Em virtude das evidências de que a queimada da vegetação causou os desligamentos, a Agência instruirá os consequentes processos administrativos para a determinação das responsabilidades e punições previstas na regulamentação setorial", diz o comunicado. O texto destaca que a fiscalização da Aneel inspecionou, nos dias 30 e 31 de agosto, as faixas das linhas de transmissão de 500 kV Ribeiro Gonçalves-São João do Piauí. A ação foi para identificar as causas dos desligamentos na semana passada. A operação foi acompanhada por técnicos do Ministério de Minas e Energia (MME) e do Operador Nacional do Sistema (ONS). Segundo a inspeção, no local apontado como centro da ocorrência, na fazenda Santa Clara, a faixa de servidão da Linha de Transmissão (LT) Ribeiro Gonçalves-São João do Piauí apresenta vegetação de porte inadequado sob as linhas, o que caracteriza falta de limpeza das faixas. As linhas de transmissão Ribeiro Gonçalves-São João do Piauí são operadas pelas concessionárias Transmissora Aliança de Energia Elétrica (Taesa) e Interligação Elétrica Norte Nordeste (Ienne), informa a Aneel.
continua após publicidade