Economia

Eike deve vender Hotel Glória para grupo suíço por R$ 225 mi

Da Redação ·





RIO DE JANEIRO, RJ, 2 de setembro (Folhapress) - O histórico Hotel Glória, que está sendo reformado pela REX, empresa do segmento imobiliário de Eike Batista, pode ser vendido para o fundo suíço Acron. Foi assinado um contrato de exclusividade para a compra do empreendimento no valor de R$ 225 milhões.

A operação está sendo coordenada pelo Bradesco BBI. Procurada, a REX diz que não vai comentar o assunto.

O Hotel Glória foi comprado em 2008 por Eike Batista. Com vista para a baía de Guanabara, ele fica de frente para o Aterro do Flamengo.

Diante da crise que atinge os seus negócios, o empresário está se desfazendo de participações em suas empresas, assim como colocando à venda outros ativos, como o Hotel Glória, que teve a inauguração adiada diversas vezes.

Com apenas 26% da obra concluída, a estimativa é que a reinauguração de um dos hotéis mais tradicionais do Rio ocorra apenas em maio de 2015, segundo informações do Portal da Transparência.

A última previsão da REX, empresa do grupo EBX responsável pelo empreendimento, era que a reinauguração oficial ocorreria no segundo semestre de 2014. Antes, estimava a entrega em abril de 2014.

Para reformar o hotel, o grupo contratou financiamento de R$ 190,6 milhões do BNDES por meio do programa ProCopa Turismo.
 

continua após publicidade