Economia

Cresce risco gerado por países emergentes, diz FSB

Da Redação ·
Economias emergentes aumentaram sua importância e, com isso, cresce o potencial risco gerado por esses mercados em relação à estabilidade financeira global. A avaliação foi feita nesta segunda-feira, 2, pelo presidente do Conselho de Estabilidade Financeira (FSB) e do Banco da Inglaterra, Mark Carney. "O potencial contágio gerado por mercados emergentes tem aumentado. O impacto (desses mercados) no sistema financeiro global é algo que estamos olhando", disse Carney, durante entrevista realizada nesta manhã na capital britânica. Carney citou que acompanha o tema pessoalmente e com frequência. "Esse é um dos temas de responsabilidade do FSB", afirmou. O aumento do risco potencial dos emergentes ocorre porque grandes mercados em desenvolvimento estão mais integrados ao sistema financeiro global e têm, proporcionalmente, mais peso do que tinham anos atrás. Segundo Carney, um de seus interlocutores sobre o assunto é o atual presidente do Banco Central do México, Agustín Carstens. O economista mexicano, aliás, foi nomeado em março presidente da Comissão Permanente de Avaliação de Vulnerabilidades do FSB.
continua após publicidade