Economia

Consumo no país sobe 5,1% em julho

Da Redação ·





Por Denise Luna

RIO DE JANEIRO, RJ, 30 de agosto (Folhapress) - O consumo de energia elétrica em julho subiu 5,1%, para 37.760 gigawatts-hora, puxado pela demanda residencial, em alta de 8,2%, e comercial, de 7,1%, enquanto o consumo industrial continua patinando, com alta de apenas 1,9%, informou hoje a EPE (Empresa de Pesquisa Energética).

No ano, o consumo de energia em todo o país registra alta de 3,2%. O país enfrenta em 2013 a maior seca dos últimos 50 anos e mantém praticamente todas as usinas térmicas ligadas, o que aumenta o custo da energia para o consumidor.

Segundo a EPE, o desempenho da indústria na região Sul do país foi o que mais contribuiu para a alta da indústria, com crescimento de consumo de 4,9%.

"Em Santa Catarina (+6,5%) ainda há efeito positivo de novas cargas nos setores de papel e celulose, metalurgia e produtos de madeira. No Rio Grande do Sul (+4,4%), além do setor de alimentos, produtos de madeira e metalurgia registraram expansões relevantes", informou a EPE em nota.

A região Nordeste veio em segundo lugar, com alta de 3,1% no consumo de energia, enquanto o Norte teve o primeiro incremento de consumo no ano, de 1,1%.

A região Sudeste foi a única que apresentou queda no consumo de energia no mês passado (-0,2%), em função da estagnação da produção industrial. Apenas Rio de Janeiro (+2,6%) e São Paulo (+0,2%) ficaram positivos, com Minas Gerais apresentando queda de 2,5%, em função do setor de ferroligas, e do Espírito Santo, que registrou redução de 3,5% no consumo, pela parada no setor de extração mineral.
 

continua após publicidade