Economia

Terminal portuário de Eike Batista está entre os autorizados

Da Redação ·





Por Dimmi Amora

BRASÍLIA, DF, 3 de julho (Folhapress) - Entre os 50 terminais portuários privados que deverão ter seu processo de autorização iniciado amanhã pelo governo está um da OSX, empresa do grupo EBX, do empresário Eike Batista, no Porto do Açu (RJ).

O grupo dirigido pelo empresário enfrenta uma crise de confiança com queda das ações e ameaça de calote por parte das empresas.

Segundo dados da OSX informados à Antaq (Agência Nacional de Transportes Aquaviários), o terminal é um estaleiro, ou seja, serve exclusivamente para a construção de navios, e teria área de 22,8 mil metros quadrados. O terminal poderia movimentar 220 mil toneladas ao ano, segundo os dados da empresa.

O investimento previsto é de R$ 3,4 bilhões e foi solicitado em janeiro do ano passado, antes da edição da nova Lei dos Portos.

Na época, a solicitação foi feita para a construção de sondas das empresas do grupo EBX que exploram petróleo. Com a nova lei, não há necessidade do porto ser usado apenas por empresas do grupo EBX.

Ao longo do ano passado, o empresário Eike Batista tentou firmar uma parceria com a Petrobras para que a estatal utilizasse as instalações do terminal da OSX para a construção de sondas para o pré-sal. Até hoje, nenhuma das empresas comunicou o fechamento de acordos em relação a este negócio.
 

continua após publicidade