Economia

Fipe: etanol tem maior competitividade em 2 anos em SP

Da Redação ·
O etanol nos postos de combustíveis de São Paulo obteve em junho a maior competitividade frente à gasolina em dois anos. A relação entre o preço médio do etanol e o da gasolina atingiu 65,21% no mês passado, segundo o Índice de Preços ao Consumidor (IPC), da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). O dado ficou abaixo da relação de 69,95% em maio e representou a menor marca mensal desde junho de 2011, quando a relação foi de 64,57%. De acordo com especialistas, o uso do etanol deixa de ser vantajoso em relação à gasolina quando o preço do derivado da cana-de-açúcar representa mais de 70% do valor da gasolina. A vantagem é calculada considerando que o poder calorífico do motor ao etanol é de 70% do poder dos motores à gasolina. Nesta terça-feira, 2, a Fipe informou que o valor médio do etanol nos postos da cidade de São Paulo caiu 8% em junho, em comparação com uma queda de 2,94% em maio. A gasolina, por sua vez, apresentou variação negativa de 1,35%, bem mais intensa que a de 0,61% do quinto mês de 2013. Em junho, a inflação geral média na capital paulista foi de 0,32%. Em maio, havia sido de 0,10%. O comportamento dos combustíveis, segundo a Fipe, tem ligação com a entrada da safra de cana-de-açúcar. Para o coordenador do IPC, Rafael Costa Lima, o fator foi fundamental para a queda mais forte dos preços em junho. No levantamento semanal da Fipe, a relação entre o etanol e a gasolina também continua no menor nível em dois anos. Na quarta semana de junho, ficou em 64,63% ante 68,50% da quarta semana de maio e 66,86% da quarta semana de junho de 2012.
continua após publicidade