Economia

Plano Safra 13/14 do Brasil deve ter R$140 bi

Da Redação ·
 O chamado Plano Safra será anunciado nesta terça-feira, dia 4, em cerimônia no Palácio do Planalto
fonte: divulgação
O chamado Plano Safra será anunciado nesta terça-feira, dia 4, em cerimônia no Palácio do Planalto

O Plano Agrícola e Pecuário do Brasil deve ter 140 bilhões de reais para financiar a agropecuária na temporada 2013/2014, um crescimento de 21,5 por cento em relação ao total disponibilizado pelo governo no ciclo anterior, disse à Reuters uma fonte do governo nesta quarta-feira.

continua após publicidade

O chamado Plano Safra será anunciado nesta terça-feira, dia 4, em cerimônia no Palácio do Planalto.

A oferta de recursos do programa para a safra que começa em 1o de julho deverá ter um crescimento maior que o registrado no ano anterior, quando houve acréscimo de 7,4 por cento na comparação anual.

continua após publicidade

A safra de grãos 13/14 começa a ser plantada em meados de setembro.

A fonte disse ainda, sob condição de anonimato, que os juros de referência praticados para os financiamentos do Plano Safra serão de 4,5 por cento, contra 5,5 por cento no plano anterior.

Dos 140 bilhões de reais, 25 bilhões serão destinados à ampliação das estruturas de armazenagem no campo, com objetivo de atacar um dos problemas do setor, o déficit de armazéns, afirmou a fonte.

continua após publicidade

O governo espera que os investimentos realizados em estruturas de armazenagem, a partir do crédito ofertado, deem retorno já no curto prazo.

O objetivo é permitir um escoamento mais ordenado da safra, evitando filas de caminhões no acesso aos portos, como as registradas nas exportações da temporada atual, que tem uma produção recorde de grãos.

Muitas vezes, pela falta de armazéns, os caminhões são utilizados como silos ambulantes, o que limita ganhos dos produtores, que, dessa forma, não vendem o produto nos melhores momentos do mercado.