Economia

Japão anunciará plano de reformas na próxima semana

Da Redação ·
O governo do Japão afirmou nesta quarta-feira que vai anunciar na semana que vem o rascunho de um amplo plano de reformas econômicas para os próximos três anos, na medida em que o primeiro-ministro do país, Shinzo Abe, tenta convencer os investidores mais céticos de sua visão para acabar com anos de pressões deflacionárias. O principal fator do pacote de reformas é um projeto para aumentar a competitividade da indústria, que será submetido ao Parlamento antes do fim do ano. O rascunho também incluirá um dos primeiros passos no sentido de uma reforma do mercado de trabalho. Atrair investimento estrangeiro direto também é uma das prioridades, na medida em que a redução populacional e o enfraquecimento da balança comercial indicam que o país pode ter que depender mais do investimento estrangeiro para motivar a economia doméstica. A divulgação do terceiro pilar do plano de recuperação econômica de Abe, que inclui também um agressivo relaxamento monetário e estímulos fiscais, será o primeiro teste para determinar se o rali do mercado de ações visto nos últimos seis meses sob a administração do premiê foi baseado em realidade ou somente em expectativas infladas do mercado. "O rali tem sido motivado por grandes expectativas com a política econômica de Abe", disse uma autoridade do governo. "Devemos garantir que não vamos desapontar o mercado com nosso plano de crescimento." O governo afirmou hoje que vai designar os próximos cinco anos como um período de intensas reformas, o que indica a vontade de Abe de permanecer no poder e acompanhar de perto as reformas. O Japão tem trocado de premiê a cada ano nos últimos seis anos, tornando impossível a busca por iniciativas políticas de longo prazo. As informações são da Dow Jones.
continua após publicidade