Economia

Correção: Indústria de máquinas tem o melhor abril

Da Redação ·
A nota enviada anteriormente contém uma incorreção no último parágrafo. O correto é Os dados da Abimaq mostram ainda que o Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) do setor teve alta de 1,4% em abril ante março, para 74%. Segue o texto corrigido: A indústria de máquinas e equipamentos fechou o mês de abril com faturamento bruto real de R$ 6,762 bilhões, valor 4,2% superior ao registrado em março. O resultado também é o melhor para meses de abril desde a crise financeira internacional de 2009. Os números, divulgados nesta segunda-feira, 27, são da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq). Na comparação com abril de 2012, o faturamento bruto real mostrou avanço de 4,6%. No primeiro quadrimestre de 2013, informou a Abimaq, o setor faturou R$ 23,832 bilhões, queda de 8,2% em relação a igual período do ano passado. O consumo aparente de máquinas e equipamentos atingiu R$ 10,172 bilhões em abril, o equivalente a uma alta de 7,3% ante março. Em relação a abril de 2012, houve um avanço de 14,9%. Nos quatro primeiros meses deste ano, o consumo aparente totalizou R$ 37,424 bilhões, alta de 6,6% ante igual período do ano anterior. As exportações somaram US$ 909 milhões em abril, com recuo de 4,9% sobre março e queda de 11,9% em relação a igual mês do ano passado. Já as importações totalizaram US$ 2,768 bilhões em abril, alta de 6,2% ante março e avanço de 12,7% sobre o mesmo mês de 2012. No acumulado do ano, até abril, as exportações somam US$ 3,407 bilhões, com baixa de 18,5% ante o mesmo período do ano passado, enquanto as importações totalizam US$ 10,564 bilhões, o maior valor já alcançado, que corresponde a um avanço de 6,2%. Os dados da Abimaq mostram ainda que o Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) do setor teve alta de 1,4% em abril ante março, para 74%. Em abril, o setor somou 259,501 mil empregados, leve alta, de 0,1%, na força de trabalho em relação ao mês anterior.
continua após publicidade