Economia

Demanda por Inova Energia supera em quase três vezes orçamento de R$ 3 bi

Da Redação ·





Por Denise Luna

RIO DE JANEIRO, RJ, 24 de maio (Folhapress) - A demanda pela linha de financiamento do Inova Energia -programa aberto pelo BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) a Finep (Agência Brasileira da Inovação) e a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica)- superou em quase três vezes o orçamento de R$ 3 bilhões previsto inicialmente.

Segundo o BNDES, 117 empresas líderes foram habilitadas a submeter planos de negócio na próxima etapa, com uma demanda potencial de R$ 7,8 bilhões.

Apesar de limitado em R$ 3 bilhões, o orçamento poderá ser ajustado para atender projetos que sejam considerados viáveis e relevantes para a inovação do setor, informou o banco.

Denominado Plano de Apoio à Inovação Tecnológica do Setor Elétrico, o programa foi lançado em abril de 2013. Nesta primeira etapa, o objetivo foi filtrar as propostas que não se adequem às regras e aos objetivos do programa.

"O plano tem objetivo de fomentar planos de negócios que contemplem atividades de pesquisa, desenvolvimento, engenharia e absorção tecnológica, produção e comercialização de produtos, e processo e serviços inovadores", informou hoje o BNDES em nota.

As linhas temáticas do plano são: redes elétricas inteligentes (smart grids); transmissão em ultra-tensão; geração de energia por meio de fontes alternativas; veículos híbridos e eficiência energética veicular.
 

continua após publicidade