Economia

Obama diz que Reino Unido deve renegociar com UE antes de deixar bloco

Da Redação ·

SÃO PAULO, SP, 13 de maio (Folhapress) - O presidente dos EUA, Barack Obama, manifestou apoio ao primeiro-ministro britânico, David Cameron, ao dizer que seria um erro o Reino Unido abandonar da União Europeia antes de tentar renegociar os termos de adesão. Endossando a mensagem que o primeiro-ministro enviou ao Partido Conservador nos últimos dias, após Michael Gove dizer que o Reino Unido se beneficiaria ao sair do bloco, Obama disse que "faz sentido" tentar resolver os problemas com o bloco antes de decidir pela saída. Obama, que descreveu a participação do Reino Unido na União Europeia como "uma expressão de sua influência" pelo mundo disse que vai esperar o final das negociações para fazer um julgamento final. "O povo do Reino Unido deve tomar decisões por ele mesmo. Mas vou dizer uma coisa: o ponto básico é ver se há como arrumar o que está errado em um relacionamento muito importante antes de terminá-lo", disse Obama durante uma coletiva de imprensa na Casa Branca. O presidente americano ressaltou ainda a "relação especial" entre o Reino Unido e os EUA. Cameron rejeitou a ideia de um referendo imediato para definir a situação do Reino Unido diante do bloco e disse que seus planos são preservar o interesse britânico da melhor maneira possível. "Há uma razão muito boa porque o referendo não vai ser amanhã. Isso daria ao povo britânico, penso eu, uma falsa escolha entre o status quo [e deixar a UE] que não creio que seja aceitável. Quero ver a União Europeia mudar e sua relação com o Reino Unido mudar e evoluir".  

continua após publicidade