Economia

Economistas reduzem projeção para a taxa de juros

Da Redação ·
Governo propõe salário mínimo de R$ 854 para 2016 - Foto: TNONLINE
fonte: TNONLINE
Governo propõe salário mínimo de R$ 854 para 2016 - Foto: TNONLINE

SÃO PAULO, SP, 22 de abril (Folhapress) - Analistas do mercado financeiro reduziram a projeção para a taxa Selic no fim deste ano, de 8,50% para 8,25%, segundo o o boletim Focus, do Banco Central, divulgado hoje.

A mudança ocorre após a decisão do Copom (Comitê de Política Monetária) do BC em elevar em 0,25 ponto percentual a taxa de juros, para 7,50% ao ano, na semana passada.

A taxa de juros é o instrumento utilizado pelo BC para manter a inflação sob controle ou estimular a economia.

Se os juros caem, a população tem maior acesso ao crédito e consome mais. Este aumento da demanda pode pressionar os preços caso a indústria não esteja preparada para atender um consumo maior e resultar em inflação.

Se os juros sobem, a autoridade monetária inibe consumo e investimento -que ficam mais caros-, a economia desacelera e evita-se que os preços subam.

Os economistas elevaram ligeiramente a perspectiva para a inflação neste ano de 5,68% para 5,70%.
 

continua após publicidade