Economia

Queremos ser o 4º maior produtor de carros, diz Pimentel

Da Redação ·
O ministro do Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, afirmou em Florianópolis (SC), na cerimônia de anúncio da primeira fábrica da BMW no País, que o Brasil quer se tornar o quarto maior produtor de veículos do mundo e eliminar um "gap" entre o mercado consumidor e o fabril no setor automotivo. "A presidente Dilma (Rousseff) nos alertou que País é o quarto mercado, mas era o sétimo maior produtor e que havia gap grande entre produção e consumo", disse. "Queremos ser o quarto mercado mundial e queremos carros eficientes nas emissões e tudo isso está posto no programa Inovar-Auto", disse o ministro, ao citar o novo regime automotivo brasileiro. Segundo Pimentel, 37 empresas do setor já se habilitaram ao Inovar-Auto, programa que prevê regras para a redução de emissões e aumento de tecnologia de veículos até 2017, com a redução de alíquotas do Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI) às que se adequarem ao novo regime. "Temos 37 empresas habilitadas, das quais oito estão iniciando investimentos em novas fábricas ou em ampliações", disse o ministro. De acordo com ele, os investimentos diretos do setor nos próximos quatro anos devem somar R$ 5,5 bilhões, entre eles, os R$ 520 milhões da BMW confirmados nesta segunda-feira na construção da primeira fábrica da montadora alemã na América Latina, em Araquari (SC). "O governo federal acertou nesse novo modelo de investimentos", concluiu. Além de Pimentel, os ministros Ideli Salvatti (Secretaria de Relações Institucionais) e Manoel Dias (Trabalho) estavam no evento.
continua após publicidade