Economia

Mais de 7 milhões já entregaram a declaração do IR à Receita

Da Redação ·

SÃO PAULO, SP, 5 de abril (Folhapress) - A Receita Federal já recebeu, até as 16h de hoje, 7,066 milhões de declarações do Imposto de Renda. Para este ano, a expectativa é que 26 milhões de contribuições entreguem o documento, frente a 25,244 milhões no ano passado. O prazo para entregar a declaração vai até 30 de abril. Quem entregar depois do prazo pagará multa de R$ 165,74 ou 20% sobre o valor devido, prevalecendo o maior valor. São obrigados a declarar o Imposto de Renda Pessoa Física as pessoas que se enquadram em pelo menos uma das nove seguintes condições: 1) Recebeu rendimentos tributáveis em 2012 acima de R$ 24.556,65. São considerados rendimentos tributáveis os ganhos de trabalho (salários, pro labore e participação nos lucros e resultados), aluguéis, pensões, aposentadoria e atividade rural. 2) Recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, acima de R$ 40 mil. Estão nesta categoria juros de poupança, ganhos com aplicações financeiras, 13º salário, prêmios de loterias, entre outros. 3) Obteve, em qualquer mês, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em Bolsas de Valores, de Mercadorias, de Futuros e assemelhadas. 4) Teve a posse ou a propriedade de bens ou direitos (imóveis, terrenos, veículos) de valor total superior a R$ 300 mil em 31 de dezembro de 2012. 5) Fez operações em Bolsas de Valores, de mercadorias, de futuros ou assemelhadas. 6) Obteve ganho de capital na venda de bens e direitos sujeitos a IR 7) Optou pela isenção do imposto sobre o ganho na venda de imóveis residenciais que tenha sido aplicado na aquisição de outro imóvel no prazo de até 180 dias após a venda. 8) Atividade rural: teve receita bruta superior a R$ 122.783,25 ou deseje compensar, nesta declaração ou nas próximas, prejuízos de anos anteriores com atividade rural. 9) Deseja compensar, nesta declaração ou nas próximas, prejuízos de anos anteriores com atividade rural. Novidades Uma das novidades do programa deste ano facilita a vida dos contribuintes que fazem pagamentos a escolas, a médicos, a hospitais etc. Os programas para fazer e para enviar a declaração já estão disponíveis no site da Receita Federal. Aplicativo Neste ano, a Receita ainda permite ainda a entrega das declarações por meio de tablets e smartphones com sistema iOS e Android. Segundo a Receita Federal, não poderão utilizar o aplicativo contribuintes que receberam rendimentos de pessoa física ou do exterior ou que tiveram ganho de capital. Contribuintes que possuam dívidas que precisam ser declaradas também ficaram de fora, entre outras restrições. Outra limitação é que, ao contrário do programa para computadores pessoais, o contribuinte não consegue recuperar a declaração anterior e seus dados associados. O programa, no entanto, vai recuperar informações das bases de dados da Receita, como nome do titular, dependentes, dos médicos, das empresas, do plano de saúde, entre outros. Há ainda a possibilidade de salvar o rascunho da declaração não finalizada e recuperá-la depois, inclusive em outros dispositivos móveis.  

continua após publicidade