Economia

Gasto no setor sobe 0,5% em março, diz ONS

Da Redação ·

Por Denise Luna RIO DE JANEIRO, RJ, 5 de abril (Folhapress) - O consumo de energia no Brasil subiu 0,5% em março, depois de duas altas expressivas em janeiro (4,9%) e fevereiro (2,8%), refletindo temperaturas atípicas no mês passado, mais baixas do que o habitual. Contra fevereiro, o consumo recuou 1,5%, segundo dados preliminares divulgados hoje pelo ONS (Operador Nacional do Sistema). A região Sudeste/Centro-Oeste, que reúne a maior parte do parque industrial do país, teve queda de 0,5% no consumo de energia em março, contra março de 2012. A região Sul teve queda de 4,3%, na mesma comparação. Já no Nordeste, o consumo de energia disparou 9,9%, por conta das temperaturas mais elevadas e pela boa performance econômica da região. A região Norte teve alta de 1,6%. "O desempenho da carga (de energia) no mês de março/13 teve como destaque a alta taxa de crescimento positiva do subsistema Nordeste, explicada principalmente pela ocorrência de temperaturas elevadas com prolongamento do período de seca, e a taxa negativa do subsistema Sul, reflexo principalmente da ocorrência de baixas temperaturas, atípicas para essa época do ano", destacou o ONS em um comunicado. Depois de um período de seca, os reservatórios das hidrelétricas vêm subindo gradualmente, segundo dados do ONS, com as usinas do Norte do país 93,92% cheias, de acordo com dados de ontem. A região Nordeste, a que mais consumiu energia em março, está com os reservatórios baixos (43,02%), seguida pelo subsistema Sudeste/Centro-Oeste (55,31%) e Sul (61,82%), todos abaixo do nível registrado no mesmo período do ano passado.  

continua após publicidade