Economia

Venda deve crescer 12% e movimentar R$ 70 bi em 2013

Da Redação ·





SÃO PAULO, SP, 4 de abril (Folhapress) - Impulsionado pelas classes B e C, o comércio de medicamentos deve crescer 12% e movimentar R$ 70 bilhões em 2013, segundo levantamento do Ibope Inteligência.

A classe C é responsável por quase metade do consumo de remédios no país, com um potencial de consumo de R$ 32 bilhões (45% do total). A classe B deve gastar neste ano R$ 24 bilhões (34%), as classes D/E, R$ 8,6 bilhões (12%) e a A, R$ 6,6 bilhões (9%).

Apesar da última colocação no gasto total com medicamentos, a classe A representa apenas 3% dos lares brasileiros. A classe C, por outro lado, corresponde a mais da metade dos domicílios do país (53%).

Segundo o levantamento, o gasto anual dos brasileiros com remédios é de R$ 430,92.

Ao analisar o consumo anual de medicamentos por região, o Sudeste tem o maior potencial de consumo, com R$ 37 bilhões (52% do total), seguido pelas regiões Sul (R$ 12 bilhões), Nordeste (R$ 13 bilhões), Centro-Oeste (R$ 5,7 bilhões) e Norte (3,9 bilhões).

Apesar do maior consumo no Sudeste, a região Sul é a que apresenta o maior consumo por habitante: R$ 494,71 por ano. O Sudeste vem em segundo lugar (R$ 483,09 por habitante), seguido de Centro-Oeste (R$ 441,89), Nordeste (R$ 323,92) e Norte (R$ 318,03).
 

continua após publicidade