Economia

Procon autua 28% dos estabelecimentos fiscalizados durante a Páscoa

Da Redação ·





SÃO PAULO, SP, 1 de abril (Folhapress) - A Fundação Procon-SP autuou cem dos 355 estabelecimentos comerciais fiscalizados entre segunda e quinta-feira da semana passada, durante a operação de Páscoa do órgão de defesa do consumidor.

Os principais problemas encontrados, segundo a fundação, foram produtos sem preço, sem validade ou vencido e sem adequação de rotulagem.

As cem empresas foram autuadas e agora respondem a processo administrativo. Elas têm 15 dias para apresentar a defesa e poderão ser multadas entre R$ 450 a R$ 6,5 milhões, segundo o Procon paulista.

Foram visitados estabelecimentos em Bauru, Campinas, Guarujá, Piracicaba, Praia Grande, Presidente Prudente, Santos, São Paulo, Sorocaba, São José dos Campos e Taubaté.

A assessoria de imprensa do Procon-SP informa que o consumidor que tiver dúvidas ou quiser fazer uma reclamação pode procurar o Procon de sua cidade ou um dos canais de atendimento da fundação.
 

continua após publicidade