Economia

Egito espera fechar acordo com FMI esta semana

Da Redação ·
Uma delegação do Fundo Monetário Internacional (FMI) deve chegar ao Egito na quarta-feira para outra rodada de conversas relacionadas a um empréstimo de US$ 4,8 bilhões, segundo informou um porta-voz do governo neste domingo. O empréstimo é considerado o último recurso para evitar uma crise no balanço de pagamentos do Egito e para recuperar a imagem do país perante os investidores estrangeiros. Segundo o porta-voz Alaa El Hadidi, o governo espera chegar a um acordo final com o FMI esta semana, tendo em vista o estado de rápida deterioração da economia. O Egito, atualmente em um parlamento e sem data para uma eleição oficial, tem sofrido com um drástico declínio de investimento estrangeiro nos últimos dois anos, desde os conflitos que resultaram na saída do então presidente Hosni Mubarak. A agência de classificação de risco Moody's reduziu no último dia 21 o rating dos títulos soberanos do Egito de B3 para Caa1, com perspectiva negativa, aprofundando o país no grau especulativo. A Moody's justificou a ação citando a economia enfraquecida do país, o maior risco de default e a contínua incerteza em torno da capacidade do governo de garantir apoio financeiro do FMI. As informações são da Dow Jones.
continua após publicidade