Economia

Pagamentos móveis não incluem todas as empresas

Da Redação ·
Depois de ter afirmado nesta terça-feira que a minuta da medida provisória (MP) que tratará dos pagamentos móveis no Brasil está pronta e poderá ser enviada em breve ao Congresso, o diretor de Política Monetária do Banco Central (BC), Aldo Mendes, disse que os modelos que estão em teste hoje são parcerias bilaterais ou multilaterais fechadas - não abrangem todas as instituições financeiras e operadoras. De acordo com Mendes, esse não é o futuro desse mercado. "Há bancos com iniciativas junto a operadoras de telefonia e bandeiras de cartão, projetos-pilotos. São tentativas válidas, mas não é exatamente por parcerias bilaterais e não abertas que vamos chegar ao que o BC entende como futuro desse mercado", afirmou. Segundo ele, as plataformas têm de ser interoperáveis - qualquer banco ou operadora de cartão e telefonia têm de se falar.
continua após publicidade