Economia

Processo de contratação no Brasil é mais rápido que a média mundial

Da Redação ·





SÃO PAULO, SP, 24 de março (Folhapress) - O tempo médio para contratar um profissional qualificado no Brasil é de 48 dias -bem abaixo da média global, de 70 dias-, aponta o relatório "International Business Report 2013", da empresa de consultoria e auditoria Grant Thornton International.

A Turquia é onde o tempo é menor (23 dias), e no Japão, maior (116 dias em média). Foram pesquisadas 12 mil empresas no mundo, 300 delas no Brasil.

No país, 5% das empresas disseram que o processo seletivo para encontrar um executivo qualificado demora mais de quatro meses, mas a maioria das contratações são mais rápidas: 48% delas acontecem em até um mês, 16% em até dois meses. Paulo Sério Dortas, sócio da empresa que fez o estudo, acredita, no entanto, que essas porcentagens relativamente baixas podem ser explicadas por uma tática das empresas: elas contratam profissionais com menos qualificação para treiná-los.

As empresas apontaram as maiores dificuldades na hora de contratar: falta de habilidades específicas ou técnicas (76%), ausência de competências gerais, como trabalhar em equipe (69%), entre outras, como baixo número de candidatos.

Por Setor

A agricultura, silvicultura e pesca são os setores que mais gastam tempo para contratar: 96 dias. Em seguida, serviços financeiros e alimentos e bebidas, com 84 dias e saúde, com 75 dias. Os períodos mais curtos são da área de hospitalidade (turismo, hotelaria, restaurante etc.), com 50 dias.

Depois de contratar, o outro problema é reter executivos, aponta a pesquisa. No Brasil, 74% dos empresários disseram que é difícil segurar um bom profissional -a média mundial é 69%. O aumento de salário é uma pretensão de 84% dos empresários, sendo que 19% querem ter ajustes reais (acima da inflação).
 

continua após publicidade