Economia

Consório tem ex-regulador para comprar banco britânico

Da Redação ·
O ex-diretor da Autoridade de Serviços Financeiros do Reino Unido foi chamado para liderar uma tentativa de comprar 316 filiais que o Royal Bank of Scotland Group deve vender, disse neste sábado o jornal Financial Times, citando pessoas familiarizadas com o assunto. John Tiner, que atuou como diretor do órgão fiscalizador durante a crise financeira mundial, foi trazido para comandar um consórcio, que inclui nomes como Standard Life e RIT Capital Partners, bem como as empresas de private equity Corsair e Centerbridge, de acordo com a publicação. O consórcio, que é um dos pelo menos seis potenciais compradores que abordaram o RBS, planeja investir mais de 500 milhões de libras no acordo, acrescentou o FT, citando pessoas informadas sobre a proposta. John Tiner seria o chairman da joint venture e trabalharia com John Maltby, ex-diretor do Lloyds e agora um parceiro da Corsair, como executivo-chefe. O jornal revelou ainda que o investimento seria inicialmente feito por meio de um instrumento de débito emitido pelo RBS, mas depois seria convertido em ações no portfólio. O RBS precisa vender as filiais como parte da penalidade imposta pela Comissão Europeia depois que de um resgate feito pelo governo britânico em 2008. As informações são da Dow Jones.
continua após publicidade