Economia

Serviços ajudam a evitar fraude com documentos

Da Redação ·





SÃO PAULO, SP, 23 de março (Folhapress) - Durante o mês de março, o consumidor que informar à Serasa Experian sobre o roubo ou a perda de documentos recebe gratuitamente um mês de acesso a um serviço que ajuda a diminuir o risco de fraude com documentos perdidos. O MeProteja possibilita ao consumidor acompanhar, por e-mail, ocorrências em seu CPF registradas no banco de dados. A oferta faz parte das ações que a Serasa Experian realiza no mês em que se comemora o Dia do Consumidor.

Durante o período da promoção, o consumidor receberá, por e-mail, no mínimo 3 relatórios do MeProteja (um de ativação e mais dois quinzenais), e outro sempre que houver qualquer alteração de informação, como inclusão ou exclusão de pendências financeiras; consulta por alguma empresa; alteração em relação a número de telefone ou se tentarem abrir uma empresa.

Dicas

Os consumidores que tiverem os documentos ou cheques perdidos ou roubados devem, além de fazer um B.O. (Boletim de Ocorrência), cadastrar um alerta no Serviço de Documentos e Cheques Roubados da Serasa Experian para reduzir o risco de sofrer prejuízos com fraudes.

Caso alguém tente utilizar o CPF perdido para alguma transação comercial, ou se o seu nome for consultado, a Serasa avisa às empresas, instituições, lojas e estabelecimentos que utilizam os serviços dela em todo o Brasil de que os documentos são roubados.

É possível fazer um registro provisório com duração de dez dias úteis para documentos e três dias úteis para cheques. Após esse prazo, é preciso enviar por correio o BO que comprove a perda ou roubo.

O registro de folhas de cheques e documentos (como identidade, carteira de trabalho, CPF, carteira de habilitação e título de eleitor) pode ser feito pela Internet, no site da Serasa.

Além disso, é possível fazer o registro pelo telefone da Central de Atendimento ao Consumidor, nos números (11) 3373 7272 ou (11) 3373-7272, que funcionam todos dias da semana, das 8h às 20h.

Nome Sujo

Os consumidores agora podem descobrir rapidamente e de maneira gratuita se o nome está sujo na praça.

O serviço é oferecido pela Boa Vista Serviços, administradora do SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito).

Para checar os dados, basta acessar o site da empresa e se cadastrar na parte consulta de débito. Feito isso, basta inserir o login e senha.

No caso dos consumidores que possuírem dívidas, pelo site, também é possível encontrar detalhes como nome da empresa onde o pagamento está pendente.

Para completar o cadastro, enviar cópia dos documentos para a caixa postal 660 - CEP 01031-970 - SP.

As informações solicitadas no cadastro servem para autenticar o usuário e prevenir que pessoas consultem outro CPF que não o seu próprio, já que serão confrontadas com dados já existentes na base de dados da Boa Vista/ SCPC. Todo o processo de cadastramento e verificação, incluindo o envio de um link de ativação do cadastro para o e-mail do consumidor e uma senha para o seu celular (via SMS) foram desenhados assim para oferecer segurança ao usuário".

Cadastro Positivo

O cadastro no portal www.consumidorpositivo.com.br não representa a adesão do consumidor ao Cadastro Positivo. Essa adesão, se for da vontade do consumidor, pode se feita no mesmo portal, mas apenas por meio de procedimento transparente, que passa pela leitura e aceitação de um termo especifico.

Para proceder tal autorização de inclusão no Cadastro Positivo, o consumidor deve estar logado no Portal e clicar no item "Cadastro Positivo" do menu superior.
 

continua após publicidade