Economia

Bolsa tem queda de 0,83% e atinge menor pontuação em um mês

Da Redação ·





Por Anderson Figo

SÃO PAULO, SP, 6 de fevereiro (Folhapress) - Pressionado pela queda das ações de grandes companhias dos setores de commodities e financeiro, o Ibovespa -principal índice de ações da Bolsa brasileira- fechou hoje em queda de 0,83%, aos 58.951 pontos.

Esta é a menor pontuação de fechamento do índice desde 7 de dezembro do ano passado, quando atingiu os 58.487 pontos. Hoje, o Ibovespa chegou a atingir a pontuação mínima de 58.587 pontos ao longo das negociações.

As ações ordinárias (com direito a voto) da Petrobras tiveram queda de 1,26% nesta quarta, cotadas a R$ 16,39.

Já os papéis preferenciais (mais negociados e sem direito a voto) da estatal do petróleo registraram perda de 2,65%, terminando o dia cotados a R$ 17,60 cada.

O movimento das ações da companhia ainda reflete a notícia de que, pela primeira vez, o dividendo -parte do lucro distribuída aos acionistas- pago pela Petrobras aos donos de ações ordinárias será muito menor que aos proprietários de papéis preferenciais: R$ 0,47 e R$ 0,96 por ação, respectivamente. Outra empresa do setor de petróleo que registrou queda no preço de seus papéis hoje foi a OGX, do empresário Eike Batista. As ações ordinárias da empresa caíram 1,59% no dia, para R$ 3,71.

Bancos em Baixa

O setor de bancos deu força para a queda da Bolsa nesta quarta. Os papéis preferenciais do Itaú Unibanco e do Bradesco, bem como as units (conjuntos de ações) do Santander, tiveram baixas de 2,07%, 1,64% e 0,27%, nesta ordem.

As três companhias divulgaram seus resultados de 2012 nos últimos dias.

Vale Ameniza Queda da Bolsa

Na contramão de boa parte das ações do Ibovespa hoje, os papéis preferenciais da mineradora Vale fecharam em alta de 1,04%, cotados a R$ 38,50. Já as ações ordinárias da companhia subiram 1,13% no dia, valendo R$ 40,15. A companhia anunciou nesta manhã que vendeu sua produção de ouro da mina do Salobo (PA) e as minas de níquel do Sudbury (Canadá) para a mineradora canadense Silver Wheaton, por US$ 1,9 bilhão.

Indicadores Econômicos

Além das referências corporativas, o mercado também esteve de olho nos dados da atividade econômica divulgados ao longo do dia. A indústria brasileira fechou o ano de 2012 com queda de produção de 2,7%, a maior retração desde 2009, quando recuou 7,4%. Em 2011, o setor havia registrado expansão de 0,4%. Apesar disso, as montadoras elevaram a produção de veículos no início deste ano depois do tombo de 2012. No primeiro mês do ano, foram fabricadas 279,3 mil unidades, volume 31,9% superior ao registrado em janeiro de 2012 e também o maior nível para o mês já registrado. Na comparação com dezembro, houve alta de 7,7%.
 

continua após publicidade