Economia

Correção: Déficit em janeiro é o pior em 24 anos

Da Redação ·
A nota enviada anteriormente continha uma incorreção no título e no primeiro parágrafo. A série histórica considerada para calcular o pior déficit comercial de janeiro foi iniciada em 1990, e não em 1993, como anteriormente informado, o que torna o resultado de janeiro o pior em 24 anos, e não em 20 anos. Segue o texto corrigido:

O déficit da balança comercial brasileira em janeiro é "importante" e "expressivo" em termos absolutos, já que é o pior resultado mensal da série histórica iniciada em 1990. A declaração é da secretária de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Tatiana Prazeres. Ela acrescenta, porém, que, em termos relativos, representa uma queda ante outros déficits mensais. A balança registrou déficit de US$ 4,035 bilhões no mês passado, quando as exportações somaram US$ 15,968 bilhões e as importações, US$ 20,003 bilhões. "O déficit é expressivo, mas este número absoluto precisa ser contextualizado quando se analisa o comércio exterior no seu conjunto. O comércio exterior brasileiro cresceu muito nos últimos anos", afirmou a executiva, ao comentar os dados divulgados pelo ministério na tarde desta sexta-feira. Tatiana destacou que o déficit de janeiro representa 25,3% do valor exportado no mês. O último pior déficit havia sido em dezembro de 1996, de US$ 1,787 bilhão. O valor, no entanto, representava 47,2% das vendas externas naquele mês. "Em dezembro de 1996, o déficit representava metade de tudo que o Brasil exportou. O de janeiro representa um quarto do que o Brasil exportou no mês", ressaltou.

continua após publicidade