Economia

Montadoras registram recorde para o mês de janeiro

Da Redação ·





SÃO PAULO, SP, 1 de fevereiro (Folhapress) - As vendas de carros e comerciais leves registraram o melhor mês de janeiro da história apesar da elevação parcial do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) que passou a vigorar neste início do ano.

O imposto foi reduzido em maio do ano passado como forma de destravar o mercado e impulsionar o crescimento da economia.

Para os veículos populares, a alíquota chegou a zero.

O tributo voltará ao patamar inicial neste ano, mas o governo optou pela retomada gradual para evitar um forte impacto nos negócios. Em janeiro, o IPI dos populares, por exemplo, passou de 0 para 2%. No meio do ano, retorna aos 7%.

Com estoques de modelos faturados sem a nova alíquota e campanhas de promoção, as redes e montadoras conseguiram atrair consumidores às lojas e venderam 296,85 mil unidades no mês.

O volume representa um avanço de 17,5% em relação ao mesmo mês de 2011 e o melhor janeiro já registrado pelo setor. Na comparação com dezembro, houve recuou de 13,64%, afetada por fatores sazonais.

Entre as marcas, a Fiat manteve a primeira posição no mês, com 23,8% do mercado. Volkswagen e General Motors vieram em seguida, com 20,5% e 17,9% de participação.
 

continua após publicidade