Economia

Cerca de 614,2 milhões trabalham mais de 48 horas

Da Redação ·
 acordos sobre jornada de trabalho devem favorecer a saúde e a segurança no trabalho
fonte: AE- Paraná
acordos sobre jornada de trabalho devem favorecer a saúde e a segurança no trabalho

Em todo o mundo, 614,2 milhões de pessoas trabalham mais de 48 horas semanais, jornada acima das 40 horas por semana adotada em grande parte dos países. De acordo com dados da OIT (Organização Internacional do Trabalho), o contingente representa 22% da força de trabalho mundial.
 

continua após publicidade

O gênero e a idade aparecem entre as questões relevantes para determinar a duração do trabalho. Segundo a OIT, os homens tendem a executar jornadas mais longas, porque as mulheres precisam se dedicar ainda à família e a casa. Em relação à faixa etária, os jovens e as pessoas em idade de se aposentar trabalham menos horas.
 

Entre os países onde os trabalhadores cumprem a maior carga horária estão o Peru (50,9%), a República da Coreia (49,5%), a Tailândia (46,7%) e o Paquistão (44,4%). O Brasil está em 13º lugar, com 19,1%.
 

continua após publicidade

A OIT afirma ainda que tentativas de redução da jornada em alguns países têm enfrentado obstáculos porque os empregadores usam as horas extras como forma de aumentar a produtividade dos empregados, que, por sua vez, necessitam trabalhar mais horas para poder garantir melhores salários.
 

Para a entidade, os acordos sobre jornada de trabalho devem favorecer a saúde e a segurança no trabalho, a compatibilidade com a vida familiar, além de promover a igualdade de gênero.