Economia

Em dia de poucos negócios na Bovespa, ações da Gol sobem 16%

Da Redação ·

SÃO PAULO, SP, 26 de dezembro (Folhapress) - A Bovespa encerrou os negócios de hoje praticamente estável em uma sessão fraca afetada pelas preocupações sobre a situação fiscal dos Estados Unidos. O Ibovespa fechou com variação negativa de 0,08%, a 60.959 pontos. Após o recesso de Natal e com a proximidade do feriado de Ano Novo, o giro de negócios foi de R$ 4,78 bilhões, bem abaixo da média diária de R$ 7,3 bilhões em 2012. A Gol foi o destaque positivo do pregão, com um avanço de 16% no dia. Os investidores reagiram ao anúncio da separação do programa de fidelidade e aos dados operacionais positivos divulgados pelo grupo. Na máxima, o papel chegou a uma valorização de 21,2%. O banco UBS classificou como "impressionante" o avanço de 17% na receita por passageiro por quilômetro rodado registrado pela companhia em novembro na comparação com o mesmo período de 2011. O aumento foi resultado da redução de 17% na oferta de assentos, que elevou a taxa de ocupação dos voos da companhia em 5 pontos percentuais, para 69,1%, no mesmo período. O banco BTG Pactual também mostrou otimismo com os dados e revisou a recomendação para as ações da companhia de manutenção para compra. O preço-alvo para os próximos 12 meses foi elevado de R$ 13 para R$ 15. Em relatório, os analistas do banco afirmaram que os dados de novembro podem representar um ponto de virada para os papéis da Gol, que sofreram neste ano no cenário de custos pressionados pelo preço do petróleo e pelo real desvalorizado e excesso de oferta no mercado brasileiro. Outro fator que pode impulsionar os papéis, tanto na avaliação do UBS quanto do BTG, é a abertura de capital do Smiles, programa de milhagens da companhia aérea.  

continua após publicidade