Economia

Procon autua 492 lojas antes do Natal

Da Redação ·

SÃO PAULO, SP, 21 de dezembro (Folhapress) - O Procon autuou entre os dias 3 e 14 deste mês 492 empresas. Deste total, 390 foram por falta ou inadequação na informação dos preços ao consumidor, 63 por não disponibilizar um exemplar do Código de Defesa do Consumidor na loja, como determina a lei, e 39 por inadequação no recebimento de cartão ou cheque em pagamentos. A fiscalização fez parte da Operação Natal, que analisou 1.833 estabelecimentos comerciais no Estado de São Paulo. Foram visitadas lojas de rua e também de shoppings. Na capital paulista, 581 empresas foram fiscalizadas. O Procon apontou irregularidades em 30% delas (175). No interior e na Baixada Santista, a Operação Natal passou por Bauru, Campinas, Presidente Prudente, Santos, São José dos Campos, Sorocaba, Guarujá, Praia Grande, Itapetininga, Araçatuba, Jacareí, Capivari, Jundiaí, Mogi das Cruzes, Osasco, Piracicaba, Ribeirão Preto, Rio Claro e Taubaté. As empresas autuadas pelo Procon responderão a processos administrativos. Elas têm 15 dias para apresentar sua defesa e podem ser multadas em valores que variam de R$ 450 a R$ 6,5 milhões.  

continua após publicidade