Economia

Economia-Notas

Da Redação ·

Bolsa de São Paulo tem alta de 0,89% SÃO PAULO, SP, 18 de dezembro (Folhapress) - A Bolsa de São Paulo teve valorização de 0,89% no encerramento das atividades de hoje, aos 60.998 pontos. O giro financeiro foi de R$ 8,616 bilhões, num total de 952.026 negócios concluídos. As ações que tiveram as maiores altas foram Banco do Brasil ON (5,00%), Gol PN (4,23%) e Itaú Unibanco PN (3,77%). A alta de 3,37% nos papéis da Petrobras também impulsionou a valorização do Ibovespa. Já os papéis que mais perderam valor foram Souza Cruz ON (-3,16%), Marfrig ON (-2,39%) e Eletrobras ON (-2,25%). O dólar comercial terminou o dia com baixa de 0,90%, vendido a R$ 2,070. Aluguel residencial sobe 1,1% em novembro em São Paulo SÃO PAULO, SP, 19 de dezembro (Folhapress) - O valor cobrado pelo aluguel residencial subiu 1,1% em novembro ante outubro na cidade de São Paulo, segundo pesquisa do Secovi-SP (sindicato de habitação). Em 12 meses, a variação foi de 8,61%, acima da inflação oficial medida pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Mercado Amplo), que ficou em 5,53%. O IGPM (Índice Geral de Preços do Mercado) variou 6,96% no período. O indicador é conhecido como o índice do aluguel, porque corrige a maioria dos contratos de locação em andamento. Os imóveis que tiveram maior elevação no preço do aluguel foram os de três dormitórios, com alta de 1,6%. As unidades de dois quartos tiveram alta da ordem de 1%, e as de um dormitório, 0,8%. "Esse índice de 8,61% é uma boa notícia para o segmento, porque é o mais baixo desde fevereiro de 2010, quando o acumulado em 12 meses atingiu 8,4%", diz Walter Cardoso, vice-presidente de gestão patrimonial e locação do Secovi-SP. A pesquisa mediu o valor cobrado no fechamento de novos contratos de aluguel, não de reajustes nos vigentes. Samsung confirma falha de segurança no Galaxy S 3 e promete atualização SÃO PAULO, SP, 19 de dezembro (Folhapress) - A Samsung confirmou a existência de uma brecha de segurança no sistema de smartphones da linha Galaxy, como o topo de linha Galaxy S 3, e disse que lançará uma atualização para resolver o problema "o mais rápido possível". A falha permite que um software mal-intencionado -que pode ser instalado por meio da loja Google Play, por exemplo, ou com a abertura de um link com vírus- acesse e manipule o sistema do Galaxy S 2, Galaxy S 3 e Galaxy Note 2, o que pode acarretar em roubo e eliminação de dados confidenciais. Ao site "Android Central", um porta-voz da fabricante sul-coreana disse: "A Samsung está ciente do potencial problema de segurança relacionado ao processador Exynos [que equipa os aparelhos] e planeja prover uma atualização assim que possível". "O erro é ativado somente quando um aplicativo mal-intencionado é operado nos dispositivos afetados. Contudo, não afetará a maior parte dos aparelhos que rodam apps autenticados e confiáveis", adicionou a empresa.  

continua após publicidade