Economia

Governo cobra concessionários para evitar apagões no verão

Da Redação ·





SÃO PAULO, SP, 19 de dezembro (Folhapress) - As secretarias do Estado da Justiça e de Energia convocaram as concessionárias de energia elétrica de São Paulo para que apresentem as providências que serão adotadas para assegurar a qualidade do serviço durante o verão 2012/2013. A reunião vai acontecer amanhã no Palácio dos Bandeirantes.

Além dos secretários e do governador Geraldo Alckmin, participarão da reunião o diretor executivo do Procon-SP, Paulo Arthur Góes, e representantes da Arsesp (Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo).

No ano passado, devido ao grande número de apagões, o Procon-SP criou um canal de comunicação no site para receber as reclamações de consumidores sobre falta de energia elétrica.

O órgão orientava ao consumidor a registrar denúncia, caso a energia não fosse restabelecida em até quatro horas.

No último verão (de dezembro de 2011 a fevereiro deste ano) o Procon atendeu 2.006 demandas sobre concessionárias de energia elétrica. No ano anterior, foram 2.240 queixas, enquanto no verão de dezembro de 2009 a fevereiro de 2010 esse número chegou a 2.407.

O consumidor que tiver dúvidas ou quiser fazer uma reclamação pode procurar o Procon de sua cidade ou um dos canais de atendimento da fundação.

Foram convocadas para o encontro a Bandeirante Energia, a Caiuá Serviços de Eletricidade, a Companhia Jaguari de Energia, a Luz e Força de Mococa, a Luz e Força Santa Cruz, a Companhia Nacional de Energia Elétrica, a Companhia Paulista de Energia Elétrica, a Companhia Piratininga de Força e Luz, a Companhia Sul Paulista de Energia, a CPFL (Companhia Paulista de Força e Luz), a Elektro Eletricidade e Serviços, a Eletropaulo Metropolitana Eletricidade de São Paulo, a Empresa de Eletricidade Vale Paranapanema e a Empresa Elétrica Bragantina.
 

continua após publicidade