Economia

Comércio-Exterior - (Atualizada)

Da Redação ·

Dilma deixa Rússia sem conseguir acordo para liberar venda de carne




Por Bernardo Mello Franco, enviado especial

MOSCOU, RÚSSIA, 14 de dezembro (Folhapress) - A presidente Dilma Rousseff encerrou a visita oficial à Rússia hoje sem conseguir um acordo para derrubar o embargo à venda ao país de carne produzida em Mato Grosso, Paraná e Rio Grande do Sul.

Ela tinha a expectativa de selar o fim das barreiras em reunião com o presidente Vladimir Putin, no Kremlin.

De acordo com a presidente, os russos disseram que ainda estão analisando documentos enviados pelo Brasil para decidir sobre o pedido de suspensão do embargo.

"Eles estão completando a análise do que nós mandamos para cá e acreditamos que vai ser suspensa tão logo eles completem essa análise", disse a presidente. "Nós vamos tomar todas as medidas para que nos enquadremos sempre nos requisitos da Organização Mundial de Saúde e nos requisitos fitossanitários de todos os países."

A presidente disse que o caso de vaca louca que levou ao embargo da carne bovina do Brasil no Japão, na China e na África do Sul foi "muito localizado" e não caracteriza epidemia.

Ela disse que mandou investigar por que o Ministério da Agricultura levou tanto tempo para notificar o caso, ocorrido em dezembro de 2010 no Paraná.
 

continua após publicidade