Economia

Portaria autoriza parcelamento de dívida previdenciária

Da Redação ·
Portaria conjunta da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional e da Receita Federal permite o parcelamento de débitos de Estados, municípios e Distrito Federal, relativos a contribuições previdenciárias. Os débitos poderão ser pagos em parcelas a serem retidas no Fundo de Participação dos Estados ou dos Municípios, no valor de 2% da média mensal da receita corrente líquida. Segundo texto publicado nesta quarta-feira no Diário Oficial da União, os débitos parcelados terão redução de 60% das multas de mora ou de ofício, de 25% dos juros de mora e de 100% dos encargos sociais.
continua após publicidade