Economia

Fluxo em estradas pedagiadas subiu 0,7% em novembro

Da Redação ·
O fluxo total de veículos pelas estradas pedagiadas brasileiras avançou 0,7 % em novembro com relação a outubro na série com ajuste sazonal, segundo o Índice ABCR, calculado pela Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR) e a Tendências Consultoria Integrada. Pela mesma base de comparação, o movimento de veículos leves pelas praças de pedágios no mês passado avançou 1,3% ante outubro. Já a circulação de veículos pesados recuou 0,6% na comparação de novembro com outubro. O aumento da renda e os feriados prolongados de novembro explicam a alta no movimento de leves em novembro, segundo Rafael Bacciotti, da Tendências. "A indústria tem mostrado um comportamento irregular. Há uma recuperação, no entanto, bastante moderada, o que pode ser confirmado pelo PIB do terceiro trimestre, que cresceu 0,6% no terceiro trimestre, bem abaixo das expectativas", explicou o economista para justificar a leve queda no fluxo de pesados entre outubro e novembro. Em comparação a novembro de 2011, a circulação de veículos pelas estradas pedagiadas brasileiras cresceu 6,1% no mês passado, segundo o Índice ABCR. Na mesma base de comparação, o fluxo de veículos leves avançou 7,4% sobre idêntico mês do ano passado e o fluxo de veículos pesados cresceu 2,7%. Já o fluxo total acumulado de veículos nas estradas pedagiadas brasileiras nos últimos 12 meses tem crescimento de 4,6%. No mesmo período, o fluxo de veículos leves apresenta alta de 5,3% e o dos pesados, avanço de 2,8%. O índice ABCR completa 10 anos este mês.
continua após publicidade