Economia

Troica espera envolvimento privado em ajuda ao Chipre

Da Redação ·
A troica - formada pela Comissão Europeia, o Banco Central Europeu (BCE) e o Fundo Monetário Internacional (FMI) - planeja envolver investidores do setor privado no plano de recapitalização dos bancos do Chipre, segundo a revista alemã Der Spiegel. "Para limitar os custos para os contribuintes, os acionistas e os credores subordinados dos bancos deverão arcar com prejuízos, antes de uma ajuda estatal ser concedida", afirma a revista, citando a prévia de um memorando de entendimento fechado entre o Chipre e a troica. O Chipre deve precisar de até 10 bilhões de euros para recapitalizar o setor bancário, um montante equivalente a mais de metade do tamanho da economia total da ilha. A troica tem conversado com o governo cipriota há meses, depois de um pedido de resgate preliminar em meados deste ano, mas as negociações tiveram alguns atrasos. As informações são da Dow Jones.
continua após publicidade