Economia

Número de investidores-anjo cresce 18% no Brasil

Da Redação ·





SÃO PAULO, SP, 8 de dezembro (Folhapress) - O número de investidores-anjo no Brasil cresceu 18% em relação ao ano passado, segundo estudo da organização sem fins lucrativos Anjos do Brasil.

A quantidade de investidores cresceu de 5.300 para 6.300 pessoas físicas que aplicaram recursos e conhecimento de negócios em start-ups (empresas de base tecnológica iniciantes). Segundo o levantamento, o volume de capital total investido também cresceu em 10% em 2012, subindo de R$ 450 milhões para R$ 495 milhões.

O valor médio investido por eles caiu aproximadamente 7% em relação a 2011, passando de R$ 85 mil para R$ 79 mil. Isso acontece, pois os novos investidores normalmente aplicam menos recursos, por ainda estarem na fase de aprendizado.

Mesmo assim, o Brasil está longe da realidade do mercado dos Estados Unidos. Apesar da crise, o número de investidores-anjo cresceu 20% no país, conforme estudo do Center for Venture Research da Universidade de New Hampshire. A número total de investidores é de 265 mil.

Para os responsáveis pela pesquisa, existem barreiras significativas para a popularização do investimento, como a falta de conhecimento e de estímulo aos investidores.
 

continua após publicidade