Economia

Lucro da Telefônica Brasil recua 30% no trimestre

Da Redação ·





SÃO PAULO, SP, 6 de novembro (Folhapress) - O lucro líquido consolidado da Telefônica Brasil caiu 30% no terceiro trimestre e atingiu R$ 935,8 milhões, ante R$ 1,33 bilhão obtido um ano antes.

O desempenho ficou abaixo da média prevista por analistas de mercado, que sugeriam um lucro de R$ 1,04 bilhão.

Segundo a empresa, a queda se deve à maior base de comparação em igual período do ano passado. No terceiro trimestre de 2011, o lucro teve impacto positivo de R$ 452,9 milhões gerado pela declaração de juros sobre capital próprio.

No acumulado de nove meses de 2012, o lucro do grupo soma quase R$ 3 bilhões de reais, 17,5% a menos no comparativo com o mesmo período de 2011.

A receita líquida no terceiro trimestre avançou 2,1% sobre um ano antes, para R$ 8,46 bilhões. Analistas previam R$ 8,37 bilhões.

O faturamento foi beneficiado por um avanço de 8,1% na receita de serviços móveis, que somou R$ 5 bilhões, o que compensou a deterioração dos resultados em telefonia fixa --que apuraram queda de 7,3% na receita ano a ano, para R$ 3,12 bilhões.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) somou R$ 2,9 bilhões no terceiro trimestre, avanço anual de 3,1% e levemente acima das previsões do mercado, de R$ 2,82 bilhões.

A controlada do grupo espanhol Telefónica fechou setembro com 91,9 milhões de linhas, crescimento anual de 11,6%. Desse total, 76,8 milhões corresponderam a habilitações móveis, e o restante, fixas.
 

continua após publicidade