Economia

Endividamento do paulistano cai em outubro, diz Fecomercio

Da Redação ·

SÃO PAULO, SP, 5 de novembro (Folhapress) - O percentual de famílias paulistanas endividadas caiu em outubro, segundo pesquisa divulgada hoje pela Fecomercio-SP. O levantamento mostra que 48,9% das famílias possuíam alguma dívida no mês passado, o que representa queda de 2,6 pontos percentuais em relação ao resultado de setembro (51,5%). Nos últimos três meses, a parcela de famílias endividadas havia ficado acima de 50%. Em números absolutos, o total de famílias endividadas diminuiu de 1,846 milhão em setembro para 1,754 milhão em outubro. Na comparação com o número de outubro de 2011, no entanto, houve aumento de 212 mil. A Fecomercio ressaltou, em nota, que os dados indicam que o consumidor estava com dificuldade para equacionar as dívidas contraídas no início do ano e agora tem conseguido liquidá-las. Em outubro, segundo o levantamento, o principal tipo de dívida continua sendo o cartão de crédito (73,6%), seguido por carnês (19,5%), financiamento de carro (17,6%), crédito pessoal (12,3%), cheque especial (8,8%) e financiamento de casa (7,3%). De setembro para outubro, houve crescimento de 5 pontos percentuais na utilização do carnê e de 4,8 pontos percentuais na do cheque especial, com o aumento de. Já o financiamento de carro apresentou queda de 5,8 pontos percentuais em relação a setembro. Inadimplência O estudo revela ainda que, entre as famílias inadimplentes, 43,1% têm contas vencidas há mais de 90 dias; 27%, entre 30 e 90 dias; e 29,6% há até 30 dias. Em outubro, 11,8% das famílias paulistanas tinham contas em atraso -parcela 0,9 pontos percentuais menor que a de setembro. O percentual é o mais baixo desde janeiro deste ano, quando 10,5% das famílias estavam inadimplentes.  

continua após publicidade