Economia

Déficit nominal é o maior para setembro desde 2009

Da Redação ·
O déficit nominal do setor público consolidado de R$ 12,254 bilhões em setembro foi o pior resultado para o mês desde setembro de 2009, quando o saldo negativo chegou a R$ 22,2 bilhões. De acordo com o chefe do departamento econômico do Banco Central, Túlio Maciel, o déficit acumulado no ano até setembro, de R$ 85,609 bilhões, também é o pior desde 2009, quando o déficit chegava a R$ 87,8 bilhões no mesmo período. Já no acumulado em 12 meses, o déficit de 2,78% do PIB até setembro é o pior desde agosto de 2010, quando o acumulado em 12 meses estava em 3,25%. Dívida líquida O BC estima que a dívida líquida do setor público caia para 35,1% do Produto Interno Bruto (PIB) ao fim de outubro, depois de ter fechado setembro em 35,3% do PIB. Já a projeção para a dívida bruta do governo geral este mês é de 58,3% do PIB, ante 58,5% no mês passado. O chefe do departamento econômico do BC também informou dados sobre a sensibilidade do fluxo da dívida em 12 meses. Segundo ele, qualquer variação de 1% no patamar do câmbio nesse período significaria 0,15 ponto porcentual de variação na relação dívida/PIB no sentido inverso. Já uma mudança de 1 ponto porcentual na Selic representaria 0,26 ponto porcentual de impacto na dívida/PIB no mesmo sentido. Uma variação de 1 ponto porcentual na inflação acarretaria 0,13 ponto porcentual de alteração na relação dívida/PIB, também no mesmo sentido.
continua após publicidade