Economia

Ataques no norte do país deixam 13 mortos e 36 feridos

Da Redação ·

SÃO PAULO, SP, 27 de outubro (Folhapress) - Pelo menos 13 pessoas morreram e outras 36 ficaram feridas hoje em vários ataques no norte do Iraque, que vive o segundo dia da festa muçulmana do Sacrifício, informou à agência Efe uma fonte do Ministério do Interior. A explosão de uma bomba em um mercado popular em Al Maamel deixou pelo menos cinco mortos e 15 feridos, informou uma fonte da polícia iraquiana. A bomba, escondida em um acostamento no mercado de Al Bauiya, provocou também grandes danos materiais em várias lojas e edifícios próximos, acrescentou a fonte. Antes deste atentado, uma bomba explodiu sob um ônibus que transportava fiéis xiitas em Al Taji e causou a morte de cinco pessoas, além de ter deixado outras 12 feridas. As vítimas eram iranianos que se dirigiam para Samarra, a 120 quilômetros ao norte de Bagdá, para visitar os mausoléus dos imãs Al Hadi e Al-Hassan al-Askari. Outros dois civis morreram pela explosão de uma bomba perto de sua casa na cidade de Mossul, também no norte do país. Em outro incidente, um policial morreu por disparos de um grupo de homens armados em Hamam al Alil, a 25 quilômetros ao sul de Mossul, e outras duas pessoas ficaram feridas pela explosão de um carro-bomba na aldeia de Uret Jarab, a 20 quilômetros dessa mesma cidade. Por fim, sete civis foram feridos após a detonação de um veículo carregado com explosivos nas proximidades da sede do Departamento para Assuntos Religiosos Xiitas, em Al Tuz.  

continua após publicidade