Economia

Taesa diz que raio pode ter causado o apagão

Da Redação ·
O presidente da Taesa, controlada pela Cemig, José Aloíse Ragone, afirmou nesta sexta-feira que, provavelmente, um raio teria sido a causa de uma sobrecorrente na linha de transmissão da companhia entre Colinas e Imperatriz (MA) que culminou com o apagão dessa madrugada em Estados das regiões Norte e Nordeste. "Mas isso não é uma desculpa, não queremos nos esconder por trás de um evento natural. Estamos apurando o motivo de a proteção não ter funcionado, que foi a causa principal da ocorrência", afirmou. Segundo Ragone, a companhia movimentou todo o seu contingente ao longo da madrugada desta sexta-feira para que o serviço voltasse à normalidade, o que ocorreu pouco depois das 4h da manhã.
continua após publicidade