Economia

Cosan inaugura terminal logístico de R$ 200 milhões em Itirapina

Da Redação ·

RIBEIRÃO PRETO, SP, 22 de outubro (Folhapress) - A Rumo Logística, empresa que pertence à gigante do setor sucroenergético Cosan, inaugurou hoje, em Itirapina (212 km de SP), um terminal logístico para começar a escoar açúcar e grãos por ferrovias. O investimento total na cidade, até 2015, será de R$ 200 milhões, com financiamento do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), segundo a companhia. O complexo deve agilizar o transporte de produtos até o porto de Santos, de onde serão exportados. O novo terminal foi construído em uma área de 230 hectares e com 15 mil metros quadrados construídos. A fase inaugural do projeto custou R$ 100 milhões e conta com armazém de 110 mil toneladas de capacidade, uma moega rodoviária (depósito no qual caminhões poderão despejar até 11 toneladas de carga a granel por dia) e uma tulha ferroviária --onde serão carregados os vagões-- capaz de expedir 44 mil toneladas diárias. Também integra o terminal uma pera ferroviária, espécie de retorno, de 5,6 quilômetros de extensão, para viabilizar o carregamento e descarregamento dos vagões sem a necessidade de parar os trens. A empresa calcula que cada vagão poderá ser carregado em cerca de três minutos. De acordo com a empresa, até 2015 o terminal contará com mais três armazéns de 110 mil toneladas cada um, além de outra moega rodoviária (30 mil toneladas por dia), mais uma tulha ferroviária para 44 mil toneladas diárias. A pera ferroviária terá mais cinco quilômetros. O novo terminal integra o plano de R$ 1,4 bilhão que prevê a migração do modal rodoviário para o ferroviário. O objetivo, segundo a Cosan, é transportar por ferrovia entre 11 milhões e 12 milhões de toneladas de açúcar e grãos por ano até 2015.  

continua após publicidade