Economia

Estatal pode cortar até R$ 15 bilhões em custos para gerar caixa

Da Redação ·

Por Denise Luna SÃO PAULO, SP, 19 de outubro (Folhapress) - A Petrobras informou hoje que poderá cortar até R$ 15 bilhões em custos dentro do seu programa de otimização de custos operacionais lançado nesta semana. Previsto para ser anunciado em setembro, o Procop será detalhado apenas em dezembro. O objetivo é aumentar a geração de caixa para executar seu plano de negócios 2012-2016, de US$ 236,5 bilhões. No plano operacional, a companhia pretende aumentar a produtividade de suas atividades. A Petrobras tem lutado para compensar a queda em sua produção e, por consequência, a redução de sua receita -além de ter que importar gasolina e diesel para atender a demanda do mercado interno. O programa identificou R$ 63 bilhões de custos gerenciáveis, que serão esmiuçados para que seja feito o corte de até R$ 15 bilhões. O Procop inclui as atividades no Brasil, nas áreas de exploração e produção, abastecimento e gás e energia, também atuando nos processos de suporte às operações, como suprimento de materiais, estoque de peças e combustíveis e tecnologia da informação.  

continua após publicidade