Economia

Presidente da Petrobras evita comentar distribuição de royalties

Da Redação ·

Por Julia Borba BRASÍLIA, DF, 19 de setembro (Folhapress) - A presidente da Petrobras, Graça Foster, disse hoje que não vai se posicionar sobre a divisão dos royalties de petróleo, que passa por processo de análise no Congresso Nacional. Segundo ela, porém, é necessário definir a questão o quanto antes, para que o calendário anunciado ontem pelo ministro Edison Lobão (Minas e Energia) seja cumprido. "Como presidente da Petrobras, nós pagamos royalties. Então é independente para onde vão os royalties", disse. "Eu reconheço a exposição dos Estados produtores, há todo um manejo necessário, mas não vou me posicionar sobre minha preferência." Com a aprovação da presidente Dilma Rousseff, Lobão prevê que sejam licitados 174 blocos para exploração em mar e terra no mês de maio de 2013. Em novembro do mesmo ano, espera que seja feito o primeiro leilão para concessões no pré-sal. Graça Foster participa hoje de audiência pública na Comissão de Fiscalização e Controle da Câmara.  

continua após publicidade