Economia

Micro e pequenas empresas devem pagar Simples até amanhã

Da Redação ·

SÃO PAULO, SP, 19 de setembro (Folhapress) - As micro e pequenas empresas que optaram pelo regime de tributação do Simples Nacional e tiveram a receita bruta anual recolhida no mês de agosto devem fazer o pagamento até amanhã. O imposto deve ser pago por microempresas com ganhos ao ano entre R$ 60 mil e R$ 360 mil e empresas de pequeno porte com renda entre R$ 360 mil e R$ 3,6 milhões. Os valores das taxas variam conforme os rendimentos. O MEI (Microempreendedor Individual) cadastrado e com receita anual de até R$ 60 mil também precisa fazer o pagamento mensal do tributo até amanhã. Ele paga a contribuição previdenciária e o imposto relativo à sua atividade: ICMS para comércio ou indústria ou ISS para prestadores de serviços. O valor referente do INSS é de R$ 31,10, equivalente a 5% do salário mínimo (R$ 622). O MEI paga ainda mais R$ 1 de ICMS ou R$ 5 de ISS. Assim, os prestadores de serviços que aderiram ao programa desembolsam R$ 36,10 por mês pela formalização, e os vendedores e pequenos industriais, R$ 32,10. O pagamento é feito por meio de carnê emitido apenas no site do Portal do Empreendedor. É necessário ao empresário preencher o relatório de receitas obtidas no mês anterior, disponível no portal. Com a greve dos bancários no país todo, o empreendedor deve buscar alternativas para efetuar o pagamento, como a internet ou os caixas eletrônicos. Se esses serviços estiverem indisponíveis, o contribuinte poderá procurar ainda casas lotéricas ou outros correspondentes bancários para pagar o tributo. Apenas em casos nos quais não houver expediente bancário nesta quinta-feira (20) --se for feriado no município-sede da empresa, por exemplo--, o Simples poderá ser pago no dia útil imediatamente posterior (dia 21).  

continua após publicidade