Economia

Vendas a prazo sobem 3% na 1ª quinzena do mês, diz ACSP

Da Redação ·
O Indicador de Movimento do Comércio (IMC), que acompanha vendas a prazo, teve alta de 3,0% na 1ª quinzena de setembro de 2012, na comparação com igual período do ano passado, com o mesmo número de dias úteis. Na mesma base de comparação, o Indicador de Consultas de Cheque (ICH), que acompanha as vendas à vista, teve queda de 2,3%, segundo a Associação Comercial de São Paulo (ACSP), baseada em amostra de dados de clientes da Boa Vista Serviços, que administra o Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC). A entidade destacou que a base de setembro de 2011 era forte devido ao clima ainda frio, que estimulou vendas da coleção outono/inverno. Já neste ano, as temperaturas altas ainda não estimularam as compras das roupas da nova estação. "Apesar dos dados ainda moderados, esperamos aumento nas vendas com a redução da taxa de juros e dos depósitos compulsórios anunciados pelo Banco Central", disse Rogério Amato, presidente da ACSP e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), em nota. Inadimplência O Indicador de Registro de Inadimplentes (IRI) - registros recebidos/carnês em atraso - apresentou alta de 2,5% na 1ª quinzena de setembro, em comparação com igual período de 2011. Já o Indicador de Recuperação de Crédito (IRC) - registros cancelados/renegociações de crédito - registrou alta de 3,2%, na mesma base de comparação.
continua após publicidade