Economia

Firjan pede retomada de leilões de concessão de petróleo

Da Redação ·
O presidente da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), Eduardo Eugênio Gouvêa Vieira, aproveitou a sua participação na abertura do evento Rio Oil & Gas para, assim como os demais participantes da mesa, reivindicar a retomada dos leilões de concessão de áreas exploratórias de petróleo e gás. Este já havia sido tema de reivindicação do presidente do Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás (IBP), João Carlos de Luca, na abertura do evento. A diretora-geral da Agência Nacional do Petróleo Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), Magda Chambriard, mencionou que o Brasil possui uma grande área com potencial de produção, porém ainda inexplorada. "É urgente retomar a licitação de áreas fora do pré-sal. A ausência de leilões põe em risco todo o trabalho de gerações passadas", afirmou Vieira. Ele demonstrou preocupação especialmente com o crescimento do volume de óleo e gás produzidos e também com a reposição das reservas. Para garantir o crescimento do setor, defendeu a atração de investidores para a exploração e produção das bacias sedimentares. "Esse é o único caminho para transformar os recursos naturais em riqueza", argumentou.
continua após publicidade