Economia

Economia-Notas

Da Redação ·



Inadimplência do consumidor sobe 7% na comparação anual





SÃO PAULO, SP, 12 de setembro (Folhapress) - A inadimplência do consumidor subiu 7% em agosto, na relação com o mesmo mês de 2011, reduzindo o ritmo de expansão anual. Os dados são do Indicador Serasa Experian de Inadimplência do Consumidor divulgado hoje. No acumulado do ano, a inadimplência do consumidor cresceu 16,2%, na comparação com o mesmo período de 2011, ritmo inferior ao verificado no ano passado (janeiro a agosto de 2011 comparado com janeiro a agosto de 2010), que acumulara alta de 23,4%. Já na relação mensal, houve recuo de 0,2% em agosto, na comparação com o mês anterior -terceira queda mensal consecutiva.



Leite de Rosas reabrirá fábrica no Rio de Janeiro



RIO DE JANEIRO, RJ, 12 de setembro (Folhapress) - A Leite de Rosas, empresa que produz a tradicional loção desodorante da embalagem cor de rosa, reabrirá sua fábrica no Rio de Janeiro três anos depois de ter deixado a cidade. Em 2009, a produção foi transferida para Aracaju, Sergipe. Fundada em 1929, a Leite de Rosas funcionou por 70 anos em uma fábrica no acesso da comunidade da Mangueira, zona norte do Rio. A violência na favela e dificuldades logísticas da região foram os motivos alegados pela administração da época para a saída do Rio. A empresa, no entanto, volta financeiramente pior do que quando deixou a cidade. O diretor industrial da empresa e neto do fundador, Heraldo Ribas, calcula que a volta demandará um investimento de R$ 10 milhões a R$ 50 milhões, que a empresa não tem em caixa. O valor inclui dívidas com fornecedores no valor de R$ 5 milhões.



Procuradoria consegue tirar ação contra Petrobras do Rio



Por Denise Luna

RIO DE JANEIRO, RJ, 12 de setembro (Folhapress) - O Tribunal Regional Federal da 2ª região acatou recurso do Ministério Público Federal que transfere para a Justiça de Campos dos Goytacazes a competência para julgar uma ação civil pública contra a Petrobras. A ação impetrada pela Procuradoria de Campos dos Goytacazes quer obrigar a Petrobras a implantar um sistema de tratamento da água produzida nas plataformas P-19 e P-26, ambas no campo de Marlim, para que os descartes no mar ocorram dentro dos limites determinados em resolução do Conama (Conselho Nacional do Meio Ambiente) que dispõe sobre o descarte contínuo de água de processo ou de produção em plataformas marítimas de petróleo e gás natural. O juiz da 1ª Vara Federal de Campos havia declinado sua competência em favor de uma das varas da capital (Rio de Janeiro), uma vez que o dano discutido abrangeria o território de mais de um município. Em sua decisão, o desembargador federal Reis Friede esclareceu no entanto que cabe ao juiz de Campos julgar o caso, já que eventuais danos ambientais no caso de um acidente seriam concentrados na área de jurisdição do município. Segundo ele, os danos em outras áreas seriam residuais.
 

continua após publicidade